SAE DST/AIDS – Butantã

Nova Pesquisa

Objetivos:  prestar serviço médico, psicológico e de orientação à comunidade. Trata-se de serviço publico, vinculado ao Distrito de Saúde do Butantã e à Coordenadoria Regional de Saúde Centro Oeste, à Supervisão Técnica de Saúde do Butantã, da Prefeitura Municipal de São Paulo.

Atividades desenvolvidas: assistência médica, psicológica e de orientação, SOU – Serviço de Orientação ao Usuário e aconselhamento.

Como é o atendimento: a usuária que chega à Unidade é encaminhada ao Serviço de Orientação ao Usuário (SOU), onde recebe o primeiro atendimento com informação sobre as DST/Aids e serviços oferecidos pelo SAE. Após isso são realizados encaminhamentos para realização de exames e/ou atendimentos específicos.

Condições para o atendimento: atende homens e mulheres, adolescentes e crianças residentes na região, preferencialmente.

Equipe: médicos, psicólogos, assistentes sociais, educadores em Saúde Pública e pessoal administrativo.

Período de atendimento: das 7 às 19 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Endereço: Avenida Corifeu Azevedo Marques, 3596, Butantã
CEP: 05340-000 São Paulo – SP
Telefone: (11) 3765 16 92 / (11) 3768 15 23 e (11) 3768 21 68
Email: saebutanta@gmail.com
Site: www.prefeitura.sp.gov.br
Ponto de referência: entre o portão 3 da USP e o acesso ao Hospital Universitário.

Sua opinião ou comentário sobre “SAE DST/AIDS – Butantã

  1. Gostaria de demonstrar minha insatisfação, fui atendida pelo medico Dr. Paulo, psiquiatra, otimo medico se falando de diploma, como pessoa ficou a desejar, como ser humano, não demonstrou nenhum entusiasmo e vontade, fiquei triste, pois todos os medicos desse endereço de atendimento são excelentes, nós portadores de HIV, SOMOS MAIS FRÁGEIS E SENSIVEIS, POIS A SOCIEDADE É MUITO DURA CONOSCO, eu gostaria de ter um medico amigo e que eu pudesse contar sempre, se tratando de psiquiatra. Vale lembrar que esses médicos são remunerados pelo governo para que atenda o paciente, que necessita do benefício, com respeito. Nada pode afetar a dignidade humana e a mudança deste comportamento só acontece com a manifestação da sociedade”, finaliza.

    O bom perito é aquele que…

    Não lhe julga.
    Lhe atende com cordialidade.
    Lê seus documentos com paciência.
    O examina com respeito para verificar a patologia.
    Conversa com o paciente durante a consulta.
    Estabelece um relacionamento com o paciente durante a perícia.
    (fonte: Código de Ética Médica)

    O bom paciente é aquele que…

    Leva todos os documentos necessários para a perícia.
    Não impede o exame clínico do médico.
    Não tenta forjar uma situação para conseguir o benefício.
    Questiona o perito caso não concorde com sua postura.
    Relata o abuso do médico às autoridades.

Deixe sua opinião ou comentário sobre o atendimento

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Pryzant Design