Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Indaiatuba

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Bernardino de Campos, 848, Centro
CEP: 13330-260 Indaiatuba – SP
Telefone: (19) 3834 89 95 e (19) 3834 27 70
Fax: (19) 3834 89 95

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Ilha Solteira

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Passeio Cuiabá, 408, Zona Sul
CEP: 15385-000 Ilha Solteira – SP
Telefone: (18) 3742 49 22 e (18) 3743 60 44
Fax: (18) 3742 49 22

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Guaratinguetá

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Rangel Pestana, 195, Centro
CEP: 12501-090 Guaratinguetá – SP
Telefone: (12) 3122 42 11
Fax: (12) 3122 4211

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Ibitinga

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Bom Jesus, 986, Centro
CEP: 14940-000 Ibitinga – SP
Telefone: (16) 3342 22 23
Fax: (16) 3342 22 23

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Guarujá

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Avenida Pugliesi, 656, Centro
CEP: 11410-002 Guarujá – SP
Telefone: (13) 3355 44 68
Fax: (13) 3255 44 68

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Itapeva

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Dr. Ricardo Whately, 206, Centro
CEP: 18400-390 Itapeva – SP
Telefone: (15) 3522 10 42
Fax: (15) 3522 10 42

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Itapetininga

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Capitão José Leme, 155, Centro
CEP: 18200-290 Itapetininga – SP
Telefone: (15) 3271 01 20 e (15) 3275 37 92
Fax: (15) 3271 03 45 e (3271 03 17

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Itapira

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Duque de Caxias, 1384, Itapira, Santa Cruz
CEP: 13974-345 Itapira – SP
Telefone: (19) 3813 21 22 e (19) 3863 12 87 Ramal 37
Fax: (19) 3813 21 22

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Itápolis

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Avenida Duque de Caxias, 673, Vila Santos
CEP: 14900-000 Itápolis – SP
Telefone: (16) 3262 27 37
Fax: (16) 3262 27 37

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Itatiba

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Benedito da Silveira Franco, 156, Vila Lanfranchi
CEP: 13250-000 Itatiba – SP
Telefone: (11) 4524 07 88, (11) 4538 40 35 e (11) 4538 40 10
Fax: (11) 4524 07 88

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Jaú

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Avenida Marginal, 200, Centro
CEP: 17207-277 Jaú – SP
Telefone: (14) 3626 54 65 e (14) 3624 77 93
Fax: (14) 3626 54 65

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Jales

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Três, 2083,  Centro
CEP: 15700-000 Jales – SP
Telefone: (17) 3632 92 97 e (17) 3621 41 36
Fax: (17) 3632 19 21

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Jacareí

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Olímpio Catão, 538, Centro
CEP: 12308-050 Jacareí – SP
Telefone: (12) 3951 56 14
Fax: (12) 3951 56 14

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Jaboticabal

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Avenida Duque de Caxias, 628, Centro
CEP: 14870-060 Jaboticabal – SP
Telefone: (16) 3203 23 80 e (16) 3202 63 11
Fax: (16) 3203 23 80

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Itu

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Avenida Goiás, 204, Brasil
CEP: 13300-000 Itu – SP
Telefone: (11) 4023 72 75
Fax: (11) 4022 24 44

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Lins

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Princesa Izabel, 349, Garcia
CEP: 16400-225 Lins – SP
Telefone: (14) 3522 1952 e (14) 3522 19 99
Fax: (14) 3522 19 52

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – José Bonifácio

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Domingos Fernando Alondo, 551, Centro
CEP: 152000-000 José Bonifácio – SP
Telefone: (17) 3245 11 51
Fax: (17) 3245 12 28

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Limeira

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua João Franco Mourão, 188, Centro
CEP: 13480-510 Limeira – SP
Telefone: (19) 3451 25 89
Fax: (19) 3451 25 89

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Leme

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Coronel João Franco Mourão, 188,  Centro
CEP: 13610-180 Leme – SP
Telefone: (19) 3555 15 64 e (19) 3571 21 57
Fax: (19) 3555 15 64

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Jundiaí

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Avenida Nove de Julho, 3600, Jardim Paulista
CEP: 13208-056 Jundiaí – SP
Telefone: (11) 4521 20 24 e (11) 4521 73 03
Fax: (11) 4521 20 24 e (11) 4521 73 03

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Matão

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Afonso Maccagnan, 630, Centro
CEP: 15990-680 Matão – SP
Telefone: (16) 3382 58 23
Fax: (16) 3382 12 14 e (16) 3382 18 13

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Mirassol

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Benjamin Constant, 2405, Centro
CEP: 15130-000 Mirassol – SP
Telefone: (17) 3242 10 30
Fax: (17) 3242 30 30

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Marília

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Luiz Pereira Barreto, 201, Maria Tereza
CEP: 17515-320 Marília – SP
Telefone: (14) 3433 11 33 e (14) 3433 38 36
Fax: (14) 3433 11 33 e (14) 3433 38 36

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Lorena

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Aldo Hermínio Zanin, 69, Fundos, Centro
CEP: 12600-270 Lorena – SP
Telefone: (12) 3157 42 00 e (12) 3157 87 09
Fax: (12) 3157 42 00

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Mogi-Guaçu

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Avenida Nove de Abril, 917, Centro
CEP: 13840-056 Mogi-Guaçu – SP
Telefone: (19) 3891 31 31 e (19) 3831 73 44
Fax: (19) 3891 31 31

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Mongaguá

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Avenida Monteiro Lobato, 4654, Vila Atlântica
CEP: 11730-000 Mongaguá – SP
Telefone: (13) 3507 17 08 e (13) 3243 29 54
Fax: (13) 3507 17 08

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Mogi-Mirim

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Doutor Jorge Tibiriça, 342, Centro
CEP: 13800-906 Mogi-Mirim – SP
Telefone: (19) 3806 24 45 e (19) 3806 39 99
Fax: (19) 3806 24 45

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Monte Alto

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Gustavo de Godoy, 426, Centro
CEP: 15910-000 Monte Alto – SP
Telefone: (16) 3242 48 13 e (16) 3243 29 54
Fax: (16) 3242 48 13

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Monte Aprazível

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Dom Pedro I, 475, Centro
CEP: 15150-000 Monte Aprazível – SP
Telefone: (17) 3275 24 64
Fax: (17) 3275 24 64

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Pereira Barreto

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Francisca Senhorinha Carneiro, 1456, Centro
CEP: 153700-000 Pereira Barreto – SP
Telefone: (18) 3704 52 88
Fax: (18) 3704 52 88

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Penápolis

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Altino Vaz de Mello, 122, Centro
CEP: 16300-000 Penápolis – SP
Telefone: (18) 3652 19 51
Fax: (18) 3652 19 51

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Paraguaçu Paulista

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Caramuru, 329, Centro
CEP: 19700-000 Paraguaçu Paulista – SP
Telefone: (18) 3361 72 54
Fax: (18) 3361 72 54

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Ourinhos

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Aristides Lau Sampaio, 159, Jardim Paulista
CEP: 19907-090 Ourinhos – SP
Telefone: (14) 3322 53 43 e (14) 3322 32 12
Fax: (14) 3322 53 43 e (14) 3322 32 12

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Osvaldo Cruz

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Avenida Brasil, 88, Centro
CEP: 17700-000 Osvaldo Cruz – SP
Telefone: (18) 3528 3641 e (18) 3528 56 61
Fax: (18) 3528 56 61

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Pirassununga

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Duque de Caxias, 1140, Centro
CEP: 13630-095 Pirassununga – SP
Telefone: (19) 3561 85 56
Fax: (19) 3561 85 56

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Praia Grande

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Avenida Doutor Roberto de Almeida Vinhas, 11084, Fundos, Vila Tupi
CEP: 11704-270 Praia Grande – SP
Telefone: (13) 3471 40 44 e (13) 3471 80 00
Fax: (13) 3471 40 44

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Piracicaba

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua Alferes José Caetano, 1018, Centro
CEP: 13400-120 Piracicaba – SP
Telefone: (19) 3433 70 22 e (19) 3433 58 78
Fax: (19) 3433 70 22

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Peruíbe

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua José Veneza Monteiro, 387, São João
CEP: 11750-000 Peruíbe – SP
Telefone: (13) 3455 76 65 e (13) 3455 54 96
Fax: (13) 3455 54 96

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Pindamonhangaba

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Avenida Doutor Gustavo de Godoy, 409, Centro
CEP: 12400-040 Pindamonhangaba – SP
Telefone: (12) 3645 16 41 e (12) 3645 31 81
Fax: (12) 3645 31 81

Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher – Presidente Epitácio

Objetivos: promover a justiça, proteger e fazer valer os direitos da mulher, criança ou adolescente vitimas de violência doméstica e/ou sexual.

Atividades desenvolvidas: elabora Boletins de Ocorrência e Termos Circunstanciados, intima, investiga e colhe depoimentos no bojo de Inquéritos Policiais, bem como solicita medidas protetivas de urgência para o Poder Judiciário. Nas ocorrências não criminais, fornece orientação jurídica e encaminha para os centros de referência da mulher e para a defensoria pública.

Como é o atendimento: acolhimento, orientação, registro de ocorrências e instauração de inquéritos policiais, além de encaminhamentos para abrigos, centros de referência da mulher e defensoria pública.

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos, vitimas de violência doméstica ou sexual.

Equipe do Plantão: delegada, escrivãs e investigadoras de polícia.

Período de atendimento: das 9 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis).

Dados para contato:
Rua João Pepino, 269, Centro
CEP: 19470-000 Presidente Epitácio – SP
Telefone: (18) 3251 14 21
Fax: (18) 3251 14 21

Pryzant Design