Hospital Estadual Dr. Odilo Antunes de Siqueira – Presidente Prudente

Objetivos: prestar assistência à saúde nas especialidades de clinica médica, clínica cirúrgica, ginecologia e obstetrícia, com apoio de profissionais de assistência social e psicológica. Dispõe de um ambulatório especializado para o atendimento de mulheres vítimas de violência sexual e violência doméstica, realiza aconselhamento e profilaxia em DST/Aids.

Atividades desenvolvidas: assistência médica, psicológica e orientação social para os casos de violência sexual e aborto previsto em lei. Atendimento para situações de violência sexual, quimioprofilaxia para HIV/Aids e contracepção de emergência.

Como é o atendimento:

Condições para o atendimento: deve-se procurar o serviço munido de documento de identificação e cartão SUS. Atende crianças e adolescentes de ambos os sexos, residentes na região de Presidente Prudente.

Equipe: multiprofissional (médicos, enfermeiros, técnicos/auxiliares de enfermagem, psicólogos, entre outros).

Período de atendimento: das 7 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis);  24 horas (atendimento de emergência).

Dados para contato:
Avenida Coronel José Soares Marcondes, 3758, Jardim Bongiovani
CEP: 19050-230 Presidente Prudente – SP
Telefone: (18) 3908 44 22

Unidade Hospitalar Dr. José Nigro Neto – Américo Brasiliense

Objetivos: prestar assistência à saúde nas especialidades de clinica médica, clínica cirúrgica, ginecologia e obstetrícia, com apoio de profissionais de assistência social e psicológica. Dispõe de um ambulatório especializado para o atendimento de mulheres vítimas de violência sexual e violência doméstica, realiza aconselhamento e profilaxia em DST/Aids.

Atividades desenvolvidas: assistência médica, psicológica e orientação social para os casos de violência sexual e aborto previsto em lei. Atendimento para situações de violência doméstica e violência sexual, quimioprofilaxia para HIV/Aids e contracepção de emergência.

Como é o atendimento:

Condições para o atendimento: deve-se procurar o serviço munido de documento de identificação e cartão SUS. Atende crianças e adolescentes de ambos os sexos, residentes na região de Américo Brasiliense.

Equipe: multiprofissional (médicos, enfermeiros, técnicos/auxiliares de enfermagem, psicólogos, entre outros).

Período de atendimento: das 7 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis);  24 horas (atendimento de emergência).

Dados para contato:
Avenida Tereza Marsili, 311, São Judas Tadeu
CEP: 14820-000 Américo Brasiliense – SP
Telefone: (16) 3393 98 00

Hospital Municipal da Mulher Dr. João Luís J. Rosseto

Objetivos: prestar assistência à saúde nas especialidades de clinica médica, clínica cirúrgica, ginecologia e obstetrícia, com apoio de profissionais de assistência social e psicológica. Dispõe de um ambulatório especializado para o atendimento de mulheres vítimas de violência sexual e violência doméstica, realiza aconselhamento e profilaxia em DST/Aids.

Atividades desenvolvidas: assistência médica, psicológica e orientação social para os casos de violência sexual e aborto previsto em lei. Atendimento para situações de violência doméstica e violência sexual, quimioprofilaxia para HIV/Aids e contracepção de emergência.

Como é o atendimento:

Condições para o atendimento: deve-se procurar o serviço munido de documento de identificação e cartão SUS. Atende crianças e adolescentes de ambos os sexos, residentes na região de Araçatuba.

Equipe: multiprofissional (médicos, enfermeiros, técnicos/auxiliares de enfermagem, entre outros).

Período de atendimento: das 7 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis);  24 horas (atendimento de emergência).

Dados para contato:
Rua Sacadura Cabral, 471, Aviação
CEP: 16055-510 Araçatuba – SP
Telefone: (18) 3636 11 70

Santa Casa de Fernandópolis

Objetivos: prestar assistência à saúde nas especialidades de clinica médica, clínica cirúrgica, ginecologia e obstetrícia, com apoio de profissionais de assistência social e psicológica. Dispõe de um ambulatório especializado para o atendimento de mulheres vítimas de violência sexual e violência doméstica, realiza aconselhamento e profilaxia em DST/Aids.

Atividades desenvolvidas: assistência médica, psicológica e orientação social para os casos de violência sexual e aborto previsto em lei. Atendimento para situações de violência doméstica e violência sexual, quimioprofilaxia para HIV/Aids e contracepção de emergência.

Como é o atendimento:

Condições para o atendimento: deve-se procurar o serviço munido de documento de identificação e cartão SUS. Atende crianças e adolescentes de ambos os sexos, residentes na região de Fernandópolis.

Equipe: multiprofissional (médicos, enfermeiros, técnicos/auxiliares de enfermagem, psicólogos, entre outros).

Período de atendimento: das 7 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis);  24 horas (atendimento de emergência).

Dados para contato:
Avenida Afonso Cafaro, 2630, Jardim Santista
CEP: 15600-000 Fernandópolis – SP
Telefone: (17) 3465 61 22

Hospital Estadual de Sumaré

Objetivos: prestar assistência à saúde nas especialidades de clinica médica, clínica cirúrgica, ginecologia e obstetrícia, com apoio de profissionais de assistência social e psicológica. Dispõe de um ambulatório especializado para o atendimento de mulheres vítimas de violência sexual e violência doméstica, realiza aconselhamento e profilaxia em DST/Aids.

Atividades desenvolvidas: assistência médica, psicológica e orientação social para os casos de violência sexual e aborto previsto em lei. Atendimento para situações de violência doméstica e violência sexual, quimioprofilaxia para HIV/Aids e contracepção de emergência.

Como é o atendimento:

Condições para o atendimento: deve-se procurar o serviço munido de documento de identificação e cartão SUS. Atende crianças e adolescentes de ambos os sexos, residentes na região de Sumaré.

Equipe: multiprofissional (médicos, enfermeiros, técnicos/auxiliares de enfermagem, psicólogos, entre outros).

Período de atendimento: das 7 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis);  24 horas (atendimento de emergência).

Dados para contato:
Avenida da Amizade, 2400, Vila Carlota
CEP: 13175-490 Sumaré – SP
Telefone: (19) 3883 89 00

Hospital Regional de Cotia

Objetivos: prestar assistência à saúde nas especialidades de clinica médica, clínica cirúrgica, ginecologia e obstetrícia, com apoio de profissionais de assistência social e psicológica. Dispõe de um ambulatório especializado para o atendimento de mulheres vítimas de violência sexual e violência doméstica, realiza aconselhamento e profilaxia em DST/Aids.

Atividades desenvolvidas: assistência médica, psicológica e orientação social para os casos de violência sexual e aborto previsto em lei. Atendimento para situações de violência doméstica e violência sexual, quimioprofilaxia para HIV/Aids e contracepção de emergência.

Como é o atendimento:

Condições para o atendimento: deve-se procurar o serviço munido de documento de identificação e cartão SUS. Atende crianças e adolescentes de ambos os sexos, residentes na região de Cotia.

Equipe: multiprofissional (médicos, enfermeiros, técnicos/auxiliares de enfermagem, psicólogos, entre outros).

Período de atendimento: das 7 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis);  24 horas (atendimento de emergência).

Dados para contato:
Rua Doutor Odair Pacheco Pedroso, 171, Vila Monte Serrat
CEP: 06717-200 Cotia – SP
Telefone: (11) 4148 90 70

Hospital Municipal da Criança e do Adolescente

Objetivos: prestar assistência à saúde nas especialidades de clinica médica, clínica cirúrgica, ginecologia e obstetrícia, com apoio de profissionais de assistência social e psicológica. Dispõe de um ambulatório especializado para o atendimento de mulheres vítimas de violência sexual e violência doméstica, realiza aconselhamento e profilaxia em DST/Aids.

Atividades desenvolvidas: assistência médica, psicológica e orientação social para os casos de violência sexual e aborto previsto em lei. Atendimento para situações de violência doméstica e violência sexual, quimioprofilaxia para HIV/Aids e contracepção de emergência.

Como é o atendimento:

Condições para o atendimento: deve-se procurar o serviço munido de documento de identificação e cartão SUS. Atende crianças e adolescentes de ambos os sexos, residentes na região de Guarulhos.

Equipe: multiprofissional (médicos, enfermeiros, técnicos/auxiliares de enfermagem, psicólogos, entre outros).

Período de atendimento: das 7 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis);  24 horas (atendimento de emergência).

Dados para contato:
Rua José Maurício, 191, Centro
CEP: 07011-060  Guarulhos – SP
Telefone: (11) 2475 96 90

Hospital Municipal de Urgências

Objetivos: prestar assistência à saúde nas especialidades de clinica médica, clínica cirúrgica, ginecologia e obstetrícia, com apoio de profissionais de assistência social e psicológica. Dispõe de um ambulatório especializado para o atendimento de mulheres vítimas de violência sexual e violência doméstica, realiza aconselhamento e profilaxia em DST/Aids.

Atividades desenvolvidas: assistência médica, psicológica e orientação social para os casos de violência sexual e aborto previsto em lei. Atendimento para situações de violência doméstica e violência sexual, quimioprofilaxia para HIV/Aids e contracepção de emergência.

Como é o atendimento:

Condições para o atendimento: deve-se procurar o serviço munido de documento de identificação e cartão SUS. Atende crianças, adolescentes, adultos e idosos de ambos os sexos, residentes na região de Guarulhos.

Equipe: multiprofissional (médicos, enfermeiros, técnicos/auxiliares de enfermagem psicólogos, entre outros).

Período de atendimento: das 7 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis); 24 horas (atendimento de emergência).

Dados para contato:
Avenida Tiradentes, 3392, Jardim Bom Clima
CEP: 07196-000  Guarulhos – SP
Telefone: (11) 2475 74 22

Hospital Municipal Pimentas Bonsucesso

Objetivos: prestar assistência à saúde nas especialidades de clinica médica, clínica cirúrgica, ginecologia e obstetrícia, com apoio de profissionais de assistência social e psicológica. Dispõe de um ambulatório especializado para o atendimento de mulheres vítimas de violência sexual e violência doméstica, realiza aconselhamento e profilaxia em DST/Aids.

Atividades desenvolvidas: assistência médica, psicológica e orientação social para os casos de violência sexual e aborto previsto em lei. Atendimento para situações de violência doméstica e violência sexual, profilaxia para HIV/Aids e contracepção de emergência.

Como é o atendimento:

Condições para o atendimento: deve-se procurar o serviço munido de documento de identificação e cartão SUS. Atende crianças, adolescentes, adultos e idosos de ambos os sexos, residentes na região de Guarulhos.

Equipe: multiprofissional (médicos, enfermeiros, técnicos/auxiliares de enfermagem, psicólogos, entre outros).

Período de atendimento: das 7 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis);  24 horas (atendimento de emergência).

Dados para contato:
Rua São José do Paraíso, 100, Pimentas
CEP: 07243-550 Guarulhos – SP
Telefone: (11) 2489 66 10

Unidade Hospitalar Peruíbe

Objetivos: prestar assistência à saúde nas especialidades de clinica médica, clínica cirúrgica, ginecologia e obstetrícia, com apoio de profissionais de assistência social e psicológica. Dispõe de um ambulatório especializado para o atendimento de mulheres vítimas de violência sexual, realiza aconselhamento e profilaxia em DST/Aids e contracepção de emergência.

Atividades desenvolvidas: assistência médica, psicológica e orientação social para os casos de violência sexual e aborto previsto em lei. Atendimento para situação de violência sexual, quimioprofilaxia para hepatites, quimioprofilaxia para HIV/Aids e contracepção de emergência.

Fluxo de atendimento: 

Condições de atendimento: Deve-se procurar o serviço munido de documento de identificação e cartão SUS. Atende crianças, adolescentes, adultos e idosos de ambos os sexos, residentes da região de Peruíbe.

Equipe: multiprofissional (médicos, enfermeiros, técnicos/auxiliares de enfermagem, psicólogos, assistente social).

Período de atendimento: das 7 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis); 24 horas (atendimento de emergência).

Dados para contato:
Rua General Ataliba Leonel, 350, Centro
CEP: 11750-000 Peruíbe – SP
Telefone: (13) 3453 20 49

CISAM – Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros

Objetivos: oferecer assistência à saúde da mulher, onde funciona uma maternidade, consultórios de ginecologia, equipe de cirurgia do aparelho reprodutor e um centro de acolhimento à mulher vítima de violência que também faz, quando é o caso, aborto legal

Atividades desenvolvidas: atendimento a mulheres vítimas de violência e realização de campanhas educativas no bairro onde se situa (Encruzilhada), além de atividades desenvolvidas em conjunto com o posto de saúde que fica em frente à maternidade

Como é o atendimento: no caso do programa de atendimento à mulher vítima de violência, a mulher que procura o serviço pega uma ficha e é atendida no mesmo dia. A depender do caso, o fluxo de atendimento pode ser alterado.
Se a mulher chegar muito machucada, ela é primeiramente atendida pela equipe médica e de enfermeiros, que fazem os primeiros cuidados e realizam a profilaxia de DSTs e contra gravidez, em caso de violência sexual.
Há ainda uma equipe de assistentes sociais, que procuram entender o caso da mulher, como ela está, se ainda se encontra em situação de vulnerabilidade.
No final, a mulher é atendida pela psicóloga. Esse fluxo depende muito do caso.
Em caso de violência sexual, ainda, é possível se realizar o aborto legal. Aqui o que a gente valoriza é o discurso da mulher, o discurso dela. Não precisa de Boletim de Ocorrência. Se ela disser que foi estuprada em tal período e o tempo gestacional bater com o que ela diz, a gente pode fazer o aborto.

Condições para o atendimento: ser vítima de violência e ser do sexo feminino.

Equipe: médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais.

Horário de atendimento: 24 horas.

Dados para contato:
Endereço: Rua Visconde de Mamanguape s/n, Encruzilhada
CEP: 52030-010 Recife – PE
Telefone: (81) 3182 77 00
E-mail: cisam@cisamupe.com.br

Unidade Mista Professor Bandeira Filho

Objetivos: oferecer assistência à saúde e também o atendimento psicológico, pois eles dispõem de um consultório de psicologia. A Unidade Mista Bandeira Filho é um dos centros de saúde de referência no atendimento à mulher vítima de violência.

Atividades desenvolvidas: atendimento e acompanhamento psicológico, serviço de prevenção a doenças sexualmente transmissíveis e demais cuidados com a saúde e atividades de educação em saúde promovidas em conjunto com a secretaria de saúde nas comunidades abrangidas pela Bandeira Filho (Distrito V – Afogados, Areias, Barro, Bongi, Caçote, Coqueiral, Curado, Estância, Jardim São Paulo, Jiquiá, Mangueira, Mustardinha, San Martin, Sancho, Tejipió e Totó).

Como é o atendimento: há dois fluxos: se a mulher estiver gravemente ferida, ela é primeiramente atendida pela equipe de médicas e enfermeiras e , apenas depois, passa pelo atendimento da assistente social e da psicóloga.
Se não for o caso de lesão grave, a mulher é atendida pelo serviço social, que faz uma triagem, e a encaminha para o setor de profilaxia (contra HIV, vaginoses, sífilis etc) e depois segue para o atendimento psicológico.
Em ambos os casos, a mulher tem a opção de demandar atendimento psicológico por um tempo, algo que diferencia a Bandeira Filho de outros centros de referência.

Condições para o atendimento: ser mulher, ter mais de 18 anos.

Equipe: assistentes sociais, psicólogas, médicas/os, enfermeiras/os e auxiliares de enfermagem.

Horário de atendimento: 24 horas (emergência); das 8 às 17 horas (atendimento ambulatorial de psicologia).

Dados para contato:
Endereço: Rua Londrina s/n, Afogados
CEP: 50770-400 Recife – PE
Telefone: (81) 3355 22 30, 3355 22 14, 3355 22 24

MPCC – Movimento Pernambuco Contra o Crime

Objetivos: receber denúncias anônimas sobre qualquer tipo de crime e encaminhá-las aos órgãos responsáveis.

Atividades desenvolvidas: o MPCC apenas recebe essas denúncias e as encaminha. Não acompanha os casos e não tem contato com as supostas vítimas.

Como é o atendimento: não há atendimento pessoal, apenas por email e telefone. Ao serem recebidas, essas denúncias são encaminhadas a um setor chamado de “setor de difusão”, onde há profissionais responsáveis por acionarem os órgãos responsáveis pela situação denunciada.

Condições para o atendimento: Qualquer pessoa pode enviar as denúncias anônimas, sem restrição de qualquer tipo.

Equipe: Equipe formada por uma delegada que coordena os demais funcionários, os quais não possuem formação específica. Há também uma jornalista.

Horário de atendimento: 24 horas.

Dados para contato:
Endereço: Rua do Cupim 259, Graças
CEP: 52011-070 Recife – PE
Telefone: (81) 3231 04 93

 

Serviço de Apoio à Mulher Wilma Lessa

Objetivos: promover serviço de saúde especializado a mulheres vítimas de violência

Atividades desenvolvidas: Atendimento médico especializado, apoio psicossocial e orientação para a mulher buscar os centros especializados e a delegacia da mulher.

Como é o atendimento: no momento em que a mulher chega ao serviço, ela é recebida por uma assistente social, responsável pelo acolhimento da paciente. Depois ela é atendida pela equipe médica e pela psicóloga de plantão. Na consulta, verifica-se os procedimentos que terão de ser seguidos: uso de contraceptivo, uso de coquetéis para DST/HIV e o aborto previsto em lei. As mulheres são ainda orientada sobre seus direitos, tratamento médico e hospitalizado e encaminhadas aos centros especializados e à delegacia da mulher.

Condições para o atendimento: mulheres de qualquer idade que tenham sofrido algum tipo de violência (física, psicológica ou sexual).

Equipe: multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais.

Horário de atendimento: 24 horas.

Dados para contato:
Endereço: Estrada do Arraial nº. 2723, Casa Amarela
CEP: 520151-380 Recife – PE
Telefone: (81) 3184 17 39
E-mail: sam.ham@saude.pe.gov.br
Ponto de referência: fica no Hospital Agamenon Magalhães, anexo à emergência geral.

Hospital Municipal e Maternidade Prof. Mario Degni / Programa de Atendimento à Mulher em Situação de Violência Sexual

Objetivos: oferecer atendimento multidisciplinar às mulheres acima de 12 anos, vítimas de violência sexual e o Aborto Legal. Trata-se de um serviço de referência para a região da Subprefeitura do Butantã, localizado na região oeste do município de São Paulo.

Atividades desenvolvidas: atendimento humanizado, tratamento a eventuais traumas físicos, medicações para profilaxia de doenças sexualmente transmissíveis, anticoncepção de emergência e vacinas.

Consultas ginecológicas periódicas, acompanhamento psicológico do estresse pós-traumático e atendimento do serviço social com escuta qualificada, entrevistas sociais, levantamento dos vínculos familiares e sua rede de apoio; orientações legais e jurídicas para garantia dos direitos desta mulher/adolescente, tais como a importância da realização do Boletim de Ocorrência nas Delegacias da Mulher, Exame de Corpo de Delito, encaminhamentos aos Centros de Apoio à Mulher, Conselhos Tutelares e a Promotoria da Infância e da Juventude, acionamento de centros de acolhida para as mulheres/adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco de recorrência da violência.

Atendimento e realização do aborto previsto em lei, nos casos de gestação em decorrência do estupro. Este procedimento é realizado até 20 semanas de gestação

Como é o atendimento: atendimento de emergência, onde a vítima logo após a ocorrência da violência recebe acolhimento, orientações legais, tratamento a eventuais traumas físicos, medicações para profilaxia de doenças sexualmente transmissíveis, anticoncepção de emergência e vacinas, além do atendimento psicossocial. A paciente faz o seguimento ambulatorial com a equipe multiprofissional durante o período que necessitar.

A pedido da paciente para a interrupção da gravidez decorrente de estupro, a equipe oferece e garante o acesso ao Aborto Previsto em Lei, nos casos de gestação até 20 semanas . Oferece-se também o acompanhamento pré-natal e  o parto na instituição.

Condições para o atendimento: atende mulheres acima de 12 anos, vítimas de violência sexual moradoras na região do Butantã.

Equipe: equipe multiprofissional (psicólogos, assistentes sociais, médicos e enfermeiros).

Período de atendimento: das 8 às 17 horas, dias úteis, para atendimento multidisciplinar. 24 horas, para urgência e emergência (atendimento médico e de enfermagem).

Dados para contato:
Endereço: Rua Lucas de Leyde, 257, Vila Antonio
CEP: 05376-010 São Paulo – SP
Telefone: (11) 3394 93 96 / 3394 93 94 / 3394 93 39
Ponto de referência: próximo ao Km 16,5 da Rodovia Raposo Tavares, sentido São Paulo – Cotia, e à avenida Escola Politécnica.

 

 

NAVIS – Núcleo de Atendimento a Vítimas de Violência Sexual do Hospital das Clínicas da FMUSP

Objetivo: dar assistência médica, psicológica e social a pessoas vitimas de violência sexual. O NAVIS é ligado ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo – HCFMUSP.

Atividades desenvolvidas: Assistência multiprofissional a vitimas de violência sexual.

Como é o atendimento: a porta de entrada é o Pronto Socorro, onde a pessoa é acolhida e atendida por equipe multiprofissional, seguindo fluxograma ágil e resoluto. Após avaliação médica com especialistas de acordo com a necessidade, são realizados exames laboratoriais e oferecido profilaxias para DST/ HIV, hepatite B e anticoncepção emergencial. O seguimento é realizado no ambulatório, também com equipe multiprofissional (infectologista, ginecologista, proctologista, enfermeira, assistente social e psicóloga) e tem duração de no mínimo seis meses.

Condições para o atendimento: pessoa de sexo masculino ou feminino, de qualquer faixa etária, que sofreu violência sexual. É importante apresentar documento de identidade e CPF.

Equipe: multiprofissional, que envolve profissionais das equipes de Clínica de Moléstias Infecciosas e Parasitárias, Ginecologia, Psicologia, Serviço Social, Enfermagem e outros.

Período de atendimento: 24 horas.

Dados de contato:
Rua Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 255, portão 20, Cerqueira César
CEP: 05503-000 – São Paulo – SP
Telefone: (11) 2661 63 97 e 2661 60 56 (serviço social)
E-mail: dmip.ambulatorio@hcnet.usp.br
Ponto de referência: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Hospital Municipal do Jabaquara – Artur Ribeiro Saboya – Serviço de Atendimento a Violência Sexual

Objetivos: oferecer atendimento à mulher vítima de violência sexual.

 

Atividades desenvolvidas: realiza assistência médica, psicológica e orientação social para os casos de violência sexual. Se for necessária a realização do aborto legal, as usuárias são direcionadas para serviços onde realizam a interrupção da gravidez, após verificação de serviços na sua região.

 

Como é o atendimento: normalmente a mulher vem encaminhada da Delegacia de Mulher ou pela sociedade em geral.

 

Condições para o atendimento: no caso de violência atende crianças, adolescentes e adultos de ambos os sexos no Pronto Socorro.

 

Equipe: uma coordenadora, uma psicóloga, um assistente social e um médico do programa.

 

Período de atendimento: das 8 às 17 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis), para o atendimento ambulatorial do programa de violência sexual. Atendimento 24 horas para a assistência imediata a vítima de violência.

 

Dados para contato:
Avenida Francisco de Paula Quintanilha Ribeiro, 860, Jabaquara
CEP: 04330-020 São Paulo – SP
Telefone: (11) 5013 53 00 e (11) 5013 54 01
Email: igpereira@prefeitura.sp.gov
Ponto de referência: próximo à estação de metrô Jabaquara.

Hospital Municipal Maternidade Escola de Vila Nova Cachoeirinha – “Dr. Mario de Moraes Altenfelder Silva”.

Programa de Atendimento à Mulher em Situação de Violência Sexual

Objetivos:  oferecer atendimento multidisciplinar às mulheres, adolescentes e meninas vítimas de crimes sexuais nas suas diversas tipificações, sejam em situação de emergência após estupro, abuso sexual crônico ou diante de uma gestação decorrente da violência sexual. Trata-se de um serviço de referência para a região norte do município de São Paulo.

Atividades desenvolvidas: acolhimento, tratamento a eventuais traumas físicos, medicações para profilaxia de doenças sexualmente transmissíveis, anticoncepção de emergência, e se necessário vacinas. Consultas ginecológicas periódicas, acompanhamento psicológico do stress pós-traumático e atendimento do serviço social com orientações legais e jurídicas para garantia dos direitos desta mulher/adolescente, tais como a importância da realização do Boletim de Ocorrência nas Delegacias da Mulher, Exame de Corpo de Delito, encaminhamentos aos Centros de Apoio à Mulher, Conselhos Tutelares e a Promotoria da Infância e da Juventude, acionamento de centros de acolhida para as mulheres/adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco de recorrência da violência. Atendimento e realização do aborto previsto em lei.

Como é o atendimento: atendimento de emergência, onde a vítima recebe acolhimento, orientações legais, tratamento a eventuais traumas físicos, medicações para profilaxia de doenças sexualmente transmissíveis, anticoncepção de emergência, e se necessário vacinas, além do atendimento psicossocial. A paciente faz o seguimento ambulatorial com a equipe multiprofissional durante 06 meses. Nas situações de gestação decorrente de estupro, a equipe oferece e garante o acesso ao Aborto Previsto em Lei ou ao acompanhamento pré-natal e o parto na instituição, bem como, orientações sobre os procedimentos legais de doação do Recém Nascido, ficando a decisão por conta da mulher.

Condições para o atendimento: atendimento à adolescente / mulher vitima de violência sexual. Não atende crianças, nem pessoas do sexo masculino. Nestes casos é realizado o acolhimento e são encaminhados para outros serviços.

Equipe: psicólogos, assistentes sociais, médicos e enfermeiros (e também os residentes de ginecologia-obstetrícia que atendem no Pronto Socorro).

Período de atendimento: 24 horas.

Dados para contato:
Endereço: Avenida Deputado Emílio Carlos, 3100, Vila Nova Cachoeirinha
CEP: 02720-200 São Paulo – SP
Telefone: (11) 3986 10 00 / (11) 3986 10 94 e (11) 3986 11 51
Ponto de referência: próximo à Avenida Inajar de Souza e ao Terminal de Ônibus de Vila Nova Cachoeirinha.

 

Casa de Saúde da Mulher Domingos Delascio

Objetivos: acolher com respeito e solidariedade mulheres vítimas de violência sexual. No caso do estupro resultar em gravidez, o serviço oferece orientação para que a mulher possa decidir sobre a interrupção ou não dessa gravidez. Caso a mulher decida manter a gravidez, o Hospital São Paulo oferece um Serviço de Pré-Natal Personalizado com atendimento por médicos, psicólogos, enfermeiros e assistentes sociais durante toda a gravidez. A Casa atende também casos de gestação de alto risco, com má formação fetal.

Atividades desenvolvidas: triagem/acolhimento, atendimento médico-ginecológico (profilaxias e interrupção de gestação); atendimento psicológico; assistência Jurídica; atendimento de enfermagem.

Como é o atendimento: recebem as mulheres, triam, verificam se é emergência ou não, se deve atender na hora (necessidade de profilaxias) ou agendar consulta. Acolhimento (colhem a história do estupro na perspectiva de acolher, dão profilaxia e contracepção de emergência); Consulta médica (teste de gravidez e encaminhamentos internos); Assistência psicológica (1ª sessão individual e depois em grupo); Acompanhamento jurídico; Serviço Social (trabalha individualmente relação com a família, doação do bebê no caso de não aborto); Aborto; Grupo de ressocialização (temas: trabalho, afeto, família, amizade, sexualidade)

Condições para o atendimento: atende mulheres, adolescentes ou adultas que sofreram violência sexual. No caso de interrupção de gravidez, só é realizada até doze semanas de gestação. Após este prazo, existem dificuldades técnicas.

Equipe: um psicólogo, um advogado, um assistente social, dois médicos, três auxiliares de enfermagem, duas enfermeiras.

Período de atendimento: das 8 às 17 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis). Atendimento 24 horas para profilaxia para DST/HIV e contracepção de emergência, que são realizadas no Pronto Socorro do Hospital São Paulo.

Dados para contato:
Endereço: Rua Borges Lagoa, 418, Vila Clementino
CEP: 04038-030 São Paulo – SP
Telefone: (11) 5084 49 97
Email: violenciasexual@epm.br
Ponto de referência: próximo ao Hospital São Paulo e à estação de metrô Santa Cruz.

Hospital Pérola Byington – Ambulatório de Atendimento Integral à Mulher em Situação de Violência Sexual

Objetivos: prestar atendimento integral nas áreas de saúde para pessoas em situação de violência sexual, qualquer idade, na esfera de atendimento de emergência e na reabilitação. Tratamento e acompanhamento biopsicossocial de longo prazo. Apoiar para que a pessoa retome atividades de rotina (trabalho, escola, família, relacionamentos, atividade sexual), objetivando qualidade de vida.

Atividades desenvolvidas: pronto-atendimento médico (casos são avaliados e encaminhados, profilaxias, contracepção, tratamento dos traumatismos físicos, outras necessidades de saúde), atendimento psicológico (avaliação, psicodiagnóstico, acompanhamento, psicoterapia individual e em grupo),

Atendimento social: abortamento previsto em lei, orientação e atendimento aos pais, família; grupos de orientação para pais de adolescentes; avaliação e relatórios para judiciário; psiquiatria; infectologista.

Como é o atendimento: quando chega, é atendido(a) no Pronto Atendimento e no Serviço Social. Se urgência, também pode ser atendido(a) pela psicóloga no mesmo dia. Depois, são agendados os atendimentos com ginecologista e psicólogo (inicialmente individual, depois encaminha para grupos ou psicoterapia individual). Destes atendimentos, pode-se agendar, se necessário, consulta com infectologista, psiquiatra, pediatra, abortamento previsto em lei. O atendimento costuma ter duração de seis meses a um ano, podendo ser mais longo, se necessário.

Condições para o atendimento: não há restrição de área de abrangência. Atende mulheres e meninas de qualquer idade, meninos até 12 anos (os meninos maiores de 12 anos são encaminhados para o CRT/Aids).

Equipe: um coordenador, quatro psicólogas, quatro estagiários de psicologia, quatro assistentes sociais, três estagiários de serviço social, cinco ginecologistas, um infectologista, um psiquiatra, catorze ginecologistas do atendimento de emergências e intercorrências, uma enfermeira, duas auxiliares de enfermagem, seis administrativos.

Período de atendimento: das 8 às 17 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis). 24 horas, todos os dias, para urgência e emergência.

Dados para contato:
Endereço: Avenida Brigadeiro Luis Antonio, 683, Bela Vista
CEP 01317-000 São Paulo – SP
Telefone: (11) 3248 80 99
Email: crsm-avs@saude.sp.gov.br

Centro de Referência Clarice Lispector

Objetivos: acolher, informar, orientar e apoiar a mulher em situação de violência doméstica e sexista com as providências que se fazem necessárias a cada caso.

Atividades Desenvolvidas: atividades educativas, apoio psicológico à mulher, assistência social, orientação jurídica e participação institucional em espaços políticos de construção de políticas públicas.

Como é o atendimento: atende mulheres encaminhadas pela Delegacia da Mulher e mulheres que procuram primeiramente o centro. Em ambos os casos, as mulheres são atendidas pela equipe multidisciplinar composta por advogadas, assistentes sociais, psicólogas e educadoras sociais. O Centro possui ainda um carro disponível para levar as mulheres à delegacia. O Centro é integrado à Casa Abrigo Sempre Viva, um abrigo para onde são encaminhadas mulheres em situação de risco. Caso as mulheres tenham filhos, estes também recebem assistência.

Condições para o atendimento: ser mulher com mais de 18 anos e ter sido vítima de violência doméstica ou sexista em Recife.

Equipe: psicólogas, advogadas, assistentes sociais e educadoras sociais.

Horário de atendimento: das 8 às 18 horas, de segunda à sexta-feira (dias úteis), para atendimento psicossocial e jurídico; 24 horas para orientação por telefone.

Dados para contato:
Endereço: Rua Bernardo Guimarães, 470, Boa Vista
CEP: 00000-000 Recife – PE
Telefone: 0800 281 01 07
E-mail: coordenadoriadamulher@recife.pe.gov.br
Site:http://www.recife.pe.gov.br/2010/08/19/centro_de_referencia_clarice_lispector_
173218.php
Ponto de referência: próximo à rua do lazer da católica (UNICAP)

1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM)

Objetivos: promover a justiça, orientar a mulher sobre seus direitos e garantias fundamentais – individuais e coletivas.

Atividades desenvolvidas: realiza investigação criminal; faz encaminhamentos para abrigo, conselho tutelar, vara da infância e da Juventude, procuradoria do estado.

Como é atendimento: acolhe e faz o registro (uma policial ou a escrivã faz a escuta, apuram se houve algum ato criminoso para dar início à investigação criminal), faz encaminhamentos a depender da necessidade da mulher para assistência psicológica (NUFOR, IMESC), médica (Hospital Perola Byington) e/ou jurídica (Defensoria Pública).

Condições para o atendimento: mulheres de todas as idades, crianças e adolescentes de ambos os sexos que tiveram sua integridade física, moral ou psíquica ameaçada ou violentada. Atende todo o município de São Paulo.

Equipe do Plantão: uma delegada de polícia, uma escrivã de polícia, dois investigadores de polícia e uma Psicóloga Estagiária da Fundap.

Período de atendimento: 24 horas, todos os dias.

Dados para contato:
Endereço: Rua Dr. Bittencourt Rodrigues, 200, Parque Dom Pedro
CEP : 01017-010 São Paulo – SP
Telefone: (11) 3241 33 28 e (11) 3241 22 63
Ponto Referência: próximo ao Parque Dom Pedro.

Delegacia da Mulher

Objetivos: oferecer serviço policial, abertura e andamento a inquéritos que investigam casos de violência doméstica.

Atividades desenvolvidas: registro de boletim de ocorrências (BOs), abertura de inquéritos e investigação de casos de violência doméstica.

Como é o atendimento: há duas possibilidades para o atendimento:
a) Feito pela delegacia de plantão: casos em que é urgência ou atendimento feito fora do horário de expediente. Nesse caso, a mulher é atendida, gera-se um Boletim de Ocorrência e este é encaminhado formalmente para a delegacia titular (que fica no mesmo prédio). No caso, a mulher pode ser encaminhada a um abrigo, quando há urgência, ao Centro Clarice Lispector ou mesmo voltar para a sua casa, se o caso dela não é considerado como grave.
b) Atendimento ordinário e casos de flagrante: feito pela delegada titular. Aqui a mulher “presta a queixa” e instaura-se um inquérito policial. Se for o caso, são pedidas as medidas emergenciais (medidas protetivas da lei Maria da Penha), que são julgadas pelo Juizado de Violência Doméstica. Em casos de crime de ameaça, há um atendimento do agressor

Condições para o atendimento: ser mulher, ter mais de 18 anos e ser vítima de violência doméstica na comarca de Recife (excepcionalmente, atende-se mulheres de outras cidades da Região Metropolitana de Recife)

Equipe: Policiais (delegadas, agentes, soldados)

Horário de atendimento: 24 horas.

Dados para contato:
Endereço: Rua do Pombal s/n, Santo Amaro
CEP: 50100-170 Recife – PE
Telefone: (81) 3184 33 52, 3184 33 53, 3184 33 54, 3184 33 55, 3184 33 56, 3184 33 57
Horário de atendimento: 24 horas
Site: http://www.policiacivil.pe.gov.br
E-mail: 1delmulher@policiacivil.pe.gov.br
Ponto de referência: atualmente funciona no antigo prédio da secretaria de educação, no centro, atrás dos Correios.

Pryzant Design